Como montar uma loja virtual de ferramentas

Você já pensou em como montar uma loja virtual de ferramentas. Seja para você que já possui uma loja física ou para você que não possui e quer saber como ingressar nesse novo negócio, hoje vamos realizar um tutorial básico de tudo que você precisa para ingressar com êxito nessa empreitada.

Embora não seja o mais comum no e-commerce, as lojas virtuais de ferramentas também tem seu espaço. Em alguns casos algumas até oferecem prestações de alguns serviços, mas como vamos ver mais adiante isso tudo depende do planejamento que você irá realizar em como o seu site irá atuar.

Assim vamos ver como montar uma loja virtual de ferramentas do zero ao sucesso. Embora esse seja um segmento um pouco mais complexo, você pode obter um bom êxito com ele.

Como montar uma loja virtual de ferramentas

Agora vamos ver passo a passo tudo que você precisa para montar a sua loja de ferramentas virtual. Todas essas dicas, aliadas a sua perseverança, podem fazer com que seu negócio seja muito rentável e duradouro. Independente de dificuldades e adversidades tenha em mente que nenhum negócio é fácil, é quase impossível que ele comece a gerar lucro logo de cara.

Aqui nós iremos falar de loja de ferramentas em geral, você pode aplicar para o segmento que for de sua preferência. Isso é você pode voltar para ferramentas voltadas para reparos de automóveis, parte elétrica ou ferramentas em geral sem um segmento específico.

Por isso tenha muita paciência se possível tenha sempre esse texto ou essas dicas para ajudar você a se guiar quando estiver perdido. Mas vamos às dicas.

Ter um planejamento é fundamental para saber como montar uma loja de ferramentas online

Isso é fundamental, pois você pode acabar se perdendo no meio do caminho. Uma loja de ferramentas pode facilmente virar uma loja de material de construção, ou de peças para automóveis, e de elétrica, e ainda pode se tornar um site de serviços de reparo. Isso porque uma coisa está muito ligada à outra, e no caso das lojas físicas é muito mais comum ter uma loja de materiais de construção que vendem ferramentas, ou lojas de peças de automóveis que vendem ferramentas. Por isso é preciso ter um planejamento bem definido para não misturar as coisas e para que você possa saber como montar uma loja virtual de ferramentas.

Aqui você deverá escolher um segmento, pois misturar as coisas neste caso pode fazer com que você se perca. Pois pense que, por exemplo, o transporte de um martelo pode ser realizado pelos correios, mas de uma caixa de pisos geralmente será feito por uma transportadora. Por isso para você que está começando agora no e-commerce é muito mais prático fazer uma coisa de cada vez.

Embora não seja proibido fazer o contrário, isso irá exigir um maior trabalho e uma estratégia diferenciada. Vamos lembrar que para realizar transportes de materiais de construção é preciso ter uma logística de entrega apropriada, sem contar que a sua estratégia de marketing precisa ser diferenciada.

Serviços oferecidos

Como dissemos no início você também pode aproveitar da sua loja de ferramentas para oferecer algum serviço, seja como ferreiro, serralheiro, pedreiro, mecânico entre outros. Mas é preciso estar atento a um fator, sua localização.

Deixe claro no seu site para quais estados ou cidades você oferece estes serviços. Pois lembre-se seu site é visto por todo país e não incluir essa informação pode confundir seus clientes e até causar um mal estar. E se for o caso, deixe o endereço de onde você costuma atender, no caso de ser um mecânico deixe o endereço de sua oficina.

Mas no primeiro momento pense nos serviços em segundo plano, pois isso pode vir a desviar sua atenção. De imediato para seu site o principal negócio serão as vendas e duas coisas ao mesmo tempo podem desviar sua atenção. Pense que as vendas são o principal objetivo do seu site, por isso tenha a prestação de serviços como algo secundário que deve ser trabalhado somente após você conquistar seu público.

Estrutura do site

Agora de fato vamos lhe dar algumas dicas de como montar sua loja virtual de ferramentas, e qual será a sua cara. A estrutura de um site para ferramentas exige uma interface a caráter, para isso você pode consultar os seus concorrentes para ver exatamente o que eles fazem. É muito saudável você olhar sites como grandes que já estão estabelecidos no mercado, assim como também é bom você também olhar sites de lojas menores, para que você tenha uma ideia de como será a estrutura do seu site.

Assim como as lojas de ferramentas ou materiais de construção possuem uma estrutura personalizada que faz com que qualquer um identifique que ali se trata de uma loja deste segmento. O mesmo pode se aplicar para um site de ferramentas.

A estrutura do site deve ser voltada para o seu segmento, um layout de uma cor neutra. Na primeira página sempre coloque as ferramentas mais vendidas ou suas promoções naquele momento. Geralmente isso ajuda o cliente escolher e encontrar as ferramentas desejadas de uma forma mais rápida. Por isso seja bem sucinto e objetivo na sua primeira página.

Você também pode aprimorar seu site com tutoriais de dicas de uso das ferramentas, sejam em vídeo ou em texto. Produzir conteúdos dizendo para que elas possam ser utilizadas e contando um pouco mais da sua história, essa é uma boa forma de melhorar seu ranqueamento com SEO.

Uma dica bastante valiosa também é você apostar em descrições otimizadas. Isso ajuda com que você tenha um melhor ranqueamento no Google apenas nas suas páginas de vendas e os produtos do seu catálogo.

Estoque

Para quem deseja trabalhar com esse tipo de e-commerce há alguns tipos de estoque que podem ser aplicados. Estoque tradicional onde todos os produtos do seu catálogo estão em algum local, mas você tem seus produtos em mãos; outra forma é estoque por demanda, essa modalidade você só realiza a venda depois de determinado número de pedidos; e o dropshipping é quando você apenas anuncia determinado produto e o fornecedor se encarrega do envio.

Mas vamos ver um pouco das desvantagens e vantagens de cada um para que você possa distinguir qual o melhor para você:

  • Estoque tradicional: O que chamamos aqui de estoque tradicional é quando você possui suas ferramentas todas armazenadas em um determinado local. Seja um armazém ou sua loja física, mas assim que o cliente realiza o pedido você automaticamente envia o que foi solicitado. Para muitos isso é o mais prático a ser feito, pois as encomendas podem ser enviadas automaticamente para o seu cliente. Mas isso também pode ser sinônimo de material encalhado principalmente para quem possui loja física.
  • Estoque por demanda: Essa prática funciona da seguinte forma o produto é anunciado, porém acima de um determinado número de pedidos é realizado a encomenda. Isso compensa pois muitas vezes os produtos são bem mais baratos devido a acordos com fornecedores. Entretanto, muitas vezes isso faz com que os pedidos demorem a ser entregues, pois os pedidos só são fechados após um determinado número.
  • Dropshipping: Esta modalidade funciona da seguinte forma, o catálogo dos seus produtos ou parte do seu catálogo é composto por produtos de um determinado Fornecedor.  Quando o cliente encomenda o produto o fornecedor é responsável pela entrega e pelas possíveis manutenções no produto. Você não precisa montar estoque nem se preocupar com envio. Mas só ganhará uma comissão sobre as vendas.

Agora cabe a você avaliar e ver qual é a melhor modalidade para você, e qual delas são as que se encaixam no seu orçamento.

Fornecedores

Por último e não menos importante, os fornecedores são fundamentais independente do estoque que você deseja ter. Eles serão responsáveis pelo período de entrega dos seus produtos e isso impacta diretamente no seu número de vendas.

Antes de fechar contrato ou pedido com qualquer fornecedor cheque sua reputação seja com as avaliações dos clientes ou juridicamente. Isso ajuda a você conhecer mais sobre o seu fornecedor, se ele entrega o que promete, se já deu calote em alguém e outras coisas.

Isso se aplica principalmente no dropshipping que você terá uma relação bastante estreita com seu fornecedor. Mas seja no dropshipping ou com o estoque que você desejar sempre tenha em mente que é fundamental ter um fornecedor de credibilidade.

Conclusão: como montar uma loja virtual de ferramentas

Como você pode ver, esses são apenas os passos básicos para você montar sua loja virtual de ferramentas. Aqui listamos o básico que você deve ter em mente para tirar seu negócio do papel e começar a pôr em prática.

É importante lembrar que você precisa ter um capital inicial por um tempo, pois nenhum negócio começa fazendo sucesso. Com o tempo é importante você também apostar numa boa divulgação através do marketing digital para fazer com que seu negócio cresça de verdade.

Embora ele possa começar devagar, não desista e tenha perseverança, Lembre-se que Roma não foi construída em um dia. Embora não seja o e-commerce mais comum, vale muito a pena investir, pois é um mercado ainda pouco explorado.

Bom, essas foram nossas dicas de como montar uma loja virtual de ferramentas. Nós esperamos que ela ajude você a ter muito sucesso nos seus negócios, mas nós vamos ficando por aqui.

Boa sorte!