Logística para e-commerce: 20 dicas que ninguém te conta

A logística é algo muito importante em qualquer área de atuação. É ela quem define o que pode ou não pode ser feito, ou qual o próximo passo que você deve tomar. E no e-commerce não é diferente, você possui uma série de ações de logísticas que muitas vezes acabam sendo deixadas de lado. Por isso, hoje vamos trazer 20 segredos de logística para e-commerce que ninguém te conta.

Para muitos, abrir uma loja online é mais fácil do que parece. Mas isso é algo que exige um grande planejamento que às vezes leva algum tempo. É claro que em relação à loja física ela é muito mais barata e prática, porém tem seus cuidados e suas obrigações. É sobre isso que nós vamos falar hoje.

Portanto vamos ver um pouco sobre os 20 segredos de logística para e-commerce que ninguém te conta. Ou pelo menos você não ouve falar todo dia.





20 segredos de logística para e-commerce

 

Eles não vão está organizados por ordem de importância, mas sim por ordem aleatória. Podendo ter uma coisa mais quente aqui e ali, por isso é importante estar atento a todos os itens desta lista.

Mas agora sem mais delongas vamos à lista

1 – É muito importante pensar na entrega

Seja por correios ou transportadora, é muito importante pensar na entrega e quanto ela vai custar para o seu cliente e em quantos dias seu envio irá chegar. Muitas pessoas acabam desistindo da compra devido a altos valores de frete, ou devido a atrasos de envio que podem levar até mesmo a reclamações para sua loja.

Por isso busque a melhor opção para você realizar uma entrega de qualidade e se possível até mesmo com frete grátis para algumas regiões. Mas veja primeiro veja o quanto isso pode lhe custar.

2 – Calcular o peso dos seus produtos

O que influencia diretamente no preço dos envios de seus produtos é o peso dos mesmos. Por isso é importante calcular o peso e quanto será cobrado para o envio deste produto.

Isso serve tanto para os correios quanto para o envio para as transportadoras. Ambos enviam seus produtos através do seu peso e tamanho. Por isso fique de olho nessa questão para padronizar seus preços de frete.

3 – Negocie com transportadoras

Um ponto positivo de realizar a entrega com transportadoras é o fato de você ter a possibilidade de realizar acordos com elas. E esses acordos muitas vezes podem fazer com que os preços sejam bem mais baratos.

Com a opção de enviar pelos correios você terá de pagar as taxas fixas para envios que eles possuem. É claro que esses acordos só devem ser fechados se você tiver um grande volume de entregas.

4 – Ofereça frete grátis a partir de um valor mínimo

Isso ajuda você a conseguir conquistar um número de pedidos considerável. Pois geralmente este valor está por volta de 150 á 200 reais, isso acontece porque muitas vezes para isso são feitos mais de um pedido para o mesmo local.

Desta forma você pode entrar em acordo com a sua transportadora para que em alguns casos o frete seja mais barato ou menos caro.

5 – Dropshipping pode ser o pulo do gato

Uma boa opção para quem está começando e ainda não quer montar um estoque é o dropshipping. Ele permite que você exponha um catálogo de um determinado fornecedor e o mesmo se responsabilize pela entrega.

Isso pode ser uma boa opção para você que não quer ter gastos com envios ou montar um estoque. Mas é preciso estar atento, pois com essa prática você apenas ganha uma parte da venda.

6 – Se atentem aos prazos dos seus fornecedores

Isso tanto para o dropshipping quanto para vendas com estoque. É preciso que você saiba quanto tempo leva para serem entregues os seus produtos, pois isso pode impactar diretamente nas suas vendas.

Isso influencia diretamente no prazo que seus produtos serão entregues. Um atraso do fornecedor pode significar atraso do produto entregue. Por isso é importante saber da reputação de seu fornecedor.

7 – Comunique-se com seus clientes

Embora seja algo que muita gente não leva em consideração se comunicar com seu cliente é uma boa forma de conseguir saber o quão ele está satisfeito ele está com seu serviço. Além de ser uma boa forma de avisar a respeito de alguma eventualidade.

Estar em contato com seu cliente pode estabelecer uma relação de comprometimento. Isso ajuda com que você tenha mais facilidade para informá-lo sobre qualquer eventualidade. Por isso sempre o mantenha informado e seja solícito.

8 – Invista numa boa plataforma

Outra coisa bastante importante é onde você irá montar sua loja. A escolha de uma boa plataforma de e-commerce é um primeiro passo para você ter sucesso com sua logística.

Isso é porque essas plataformas hospedeiras disponibilizam diversas ferramentas para ajudar a melhorar seu desempenho como um todo.

9 – Direcione seus anúncios

Isso pode ajudar e muito a você melhorar seu desempenho em determinadas regiões. Direcionar seus anúncios faz com que você tenha um público em um local onde seja mais fácil para você realizar suas entregas.

Isso pode diminuir gastos e ainda otimizar suas vendas, por isso direcione suas propagandas para onde você desejar.

10 – Entregue seus produtos você mesmo

Em alguns casos quando for na sua cidade ou próximo de você entregue seus produtos você mesmo. Isso faz com que você ganhe mais clientes uma vez que o mesmo pode vir até você para retirar o produto que deseja.

Embora essa dica seja mais voltada para quem está começando, até quem tem um pouco mais de tempo de mercado poderia aproveitar.

11 – Agendas e anotações são eficientes na logística para e-commerce

Embora possa parecer antiquado falar isso em um momento em meio a tanta tecnologia. Mas as agendas não devem ser aposentadas, principalmente as agendas comerciais. Elas são muito mais eficientes para tomar nota do que entra do que saí de datas importantes.

Para alguns esse hábito pode parecer até mesmo um pouco maçante, mas é eficiente até para algumas informações alimentar o livro caixa da sua loja.

12- Aplicativos de gestão

Alguns aplicativos são muito eficientes para você conseguir administrar seu negócio. Podemos citar alguns como o Vendas ou Evernote, e muitos outros que podem ajudar você a otimizar seu e-commerce.

Por isso, aqui vamos deixar os dez aplicativos que podem te ajudar com seu e-commerce. Vale a pena conferir!

13 – Pense num ponto de entrega

Assim como você pode entregar seus produtos, você também pode marcar um local para que a entrega seja realizada. Esse local de preferência deve ser próximo a você ou de fácil acesso para você e seu cliente, como o centro da sua cidade por exemplo.

Isso pode lhe ajudar a não só conseguir entregas sem frete como também você pode receber em dinheiro vivo. Uma vez que o pagamento seja entregue em mãos.

14 – Cuidado com a importação de produtos

Além de os produtos serem taxados na alfândega é preciso saber se é viável apostar neste ramo. E o principal fator o tempo de entrega para estes produtos, é preciso ter em mente que alguns chegam a levar meses para serem entregues.

Por isso é preciso saber quanto tempo em média leva para o seu produto ser entregue. E qual a forma dele ser entregue.

15 – Seja rápido 

Embora possa parecer que seja uma dica até óbvia, mas o e-commerce exige muito mais rapidez para se resolver um problema do que um negócio convencional. Por isso a rapidez é um diferencial para quem deseja ter uma loja virtual.

Por isso, na logística para e-commerce quem consegue andar um passo à frente dos problemas consegue ser mais bem sucedido.

16 – A logística aplicada em seu site

Essas próximas dicas estarão ligadas a forma como você irá aplicar a logística ao seu site. Você sabia que o design e até mesmo o layout estão ligados à logística diretamente. A maneira como as informações podem estar distribuídas em seu site, e as promoções aparecem podem fazer com que você direcione melhor os seus produtos para um determinado público.

17 – As promoções

Você sabia que muitas vezes você pode aplicar uma promoção diferente para determinado estado. Isso vai depender muito da sua plataforma de e-commerce para você realizar esta prática.

Mas essa é uma boa forma de direcionar o produto certo para um público certo. Evitando lotações de estoque indesejadas.

18 – Cupons 

Um complemento ao que falamos acima pode ser os cupons direcionados a determinado estado ou região. Mas é preciso ter cuidado com esta prática para as coisas não saírem do controle e os cupons atravessarem o Brasil.

19 – Fechar parcerias

Às vezes os pedidos acabam ultrapassando além da conta, por isso às vezes pode ser mais prático realizar parcerias com lojas físicas do seu estado e de outros estados pode ajudar na sua distribuição. Pois como falamos anteriormente algumas ações podem facilitar e baratear o frete essa é uma delas.

Tendo uma loja parceira seu produto pode ser enviado para essa determinada loja e entregue ao seu cliente por um preço menor do que o preço que poderia ser se ele fosse entregue em domicílio.

20 – Tenha sua loja física

A partir de um determinado momento você já deve começar a pensar em ter sua loja física. Na sua loja você poderá atender seus clientes com mais praticidade e poderá também expor seus produtos.

Por isso uma loja física pode ser uma forma de conseguir mais clientes e ter uma melhor logística de distribuição.