SEO para e-commerce: tudo que você precisa saber para sua loja virtual deslanchar

O E-commerce vem tomando conta de boa parte das vendas de diversos consumidores. Comprar alguns itens sem precisar sair de casa é muito tentador. Por isso muitas empresas estão apostando forte nesta prática, sejam elas pequenas, médias ou grandes empresas. O E-commerce tem sido uma prática para todas e hoje vamos ver como  aplicar o SEO no E-commerce.

Para aqueles que não estão habituados a este termo o E-commerce é o mesmo que comércio digital. Ou seja, loja pela internet, assim como toda sua transação é feita pela internet. E seja pelo fato de não ter de se deslocar até a loja ou principalmente pelos preços muito mais baixos em relação à loja física.

Mas hoje nós vamos lhe mostrar como o SEO para E-commerce pode ajudar no seu negócio e você pode ter certeza de uma coisa são dicas simples que fazem toda diferença.





O que é SEO?

Em primeiro lugar precisamos saber o que de fato é o tal SEO (Search, Engine Optimization). Para muitos é o mecanismo de otimização de pesquisa. De uma forma bem objetiva é ele que irá conduzir os resultados das pesquisas do Google.

Você com certeza já deve ter buscado no Google itens como sofá ou televisão, entre outras coisas. Geralmente o SEO irá posicionar os melhores resultados para você. De acordo com suas buscas e de acordo com o site e seu conteúdo. Mas afinal quais itens contam pontos para o SEO:

  • Tempo: Embora seja muito pouco comentado, o tempo que aquele determinado artigo ou anúncio está no ar influencia muito no rankeamento que ele terá nas pesquisas do Google.
  • Palavras chaves: Uma palavra chave bem escolhida e bem distribuída ao longo do texto e em seus subtítulos faz com que ele alcance as posições mais altas do Google.
  • Texto bem escrito: Seja para que ele esteja ortograficamente correto. Ou bem distribuído ao longo de seus subtítulos evitando blocos com mais de 300 palavras.
  • Links: Seja interno (do seu site) ou externo (de outros sites), o Google costuma dar mais valor para links externos de sites que estão nas primeiras posições.
  • Imagens: Não há um limite, embora seja recomendado por volta de 1 imagem para cada 500 palavras. E é importante lembrar que a imagem deve estar em alta qualidade.

E esses são apenas alguns dos muitos fatores do SEO que levam seu texto a ter uma pontuação maior. Embora haja alguns outros, esses são os principais que de fato vão levar sua publicação para uma posição mais alta.

Mas agora vamos ver como o SEO para o E-commerce pode ser benéfico. E já podemos adiantar que existem 2 maneiras em que você pode aplicá-lo em seu site.

SEO para E-commerce

Você que tem sua loja online pode achar impossível aplicar as regras de SEO na sua loja online. Mas existem 2 maneiras muito eficientes de se aplicar o SEO para e-commerce.

A primeira seria nas descrições do seu produto, muitas vezes você apenas coloca algumas informações básicas do que é o seu produto e o fabricante. Mas nós vamos te ensinar a melhorar essa descrição.

E a outra maneira é através de artigos que muitos acabam deixando de lado, mas hoje nós vamos te dar algumas dicas de conteúdos que podem fazer com que você melhore seu posicionamento. Mas vamos ver melhor a respeito disso.

Como melhorar suas descrições

Sua descrição pode ser sua principal forma de conseguir um bom posicionamento no Google. Engana-se quem acha que ela não deve ter muita informação ou que deve apenas dizer o básico. Mas aqui nós vamos te mostrar passo a passo como fazer uma boa descrição e ter um êxito no seu posicionamento:

  • Fale sobre o seu produto: No primeiro parágrafo coloque aquela breve descrição sobre o seu produto, ou seja, como ele é, o que ele faz. Essa descrição é a primeira que seu público irá ler, por isso ela deve ser bem sucinta e objetiva.
  • Dê as características: Tamanho para o que serve, algumas formas de se utilizar. Aqui é a hora de usar sua palavra chave e aumentar mais seu conteúdo sem encher linguiça.
  • Exalte as qualidades: Fale o quão bom é seu produto em alguns casos para que público ele serve e principalmente dê algumas dicas de uso.
  • Fale sobre o fabricante: Em alguns casos fale também sobre o fabricante ou onde ele foi produzido. Isso ajuda o seu cliente a conhecer melhor o seu produto.
  • Sua descrição deve ter entre 300 a 350 palavras: Sua descrição deve ter essa quantidade para conseguir atingir uma boa legibilidade e realizar uma descrição sucinta.

Portanto esse é um bom começo para você conseguir obter um bom resultado com o SEO para e-commerce. Muitas lojas online apenas tem a descrição como texto principal, portanto use isso para conseguir uma posição melhor no Google.

E uma última dica neste caso evite usar muitos subtítulos isso pode atrapalhar a legibilidade. Mas agora vamos ver qual é outra forma bem mais efetiva de conseguir as melhores posições no Google.

Aposte nos artigos

Os artigos são sempre uma forma bastante efetiva de alcançar uma posição melhor no Google. Eles podem fazer sua loja online aparecer tanto nas buscas de produtos, quanto em outros setores como nós vamos ver a seguir. Pois a pergunta que você deve está se fazendo é que tipo de artigo eu posso produzir?

A resposta é mais simples do que você possa imaginar e é todo tipo de artigo. Mas vamos ver abaixo algumas sugestões de conteúdos bem interessantes:

  • Receitas: Ensine como as pessoas podem usar seu o produto que você produz. É claro que você pode ensinar e apresentar as formas tradicionais, entretanto é muito melhor apresentar seu produto de uma maneira diferente.
  • Curiosidades: Um tópico que atrai muitas pessoas é curiosidades sobre determinado produto ou fabricante. E isso pode ser uma boa forma de conseguir prender a atenção do seu público.
  • Conte histórias: Pode ser a história do produto, de um prato, de um criador isso vai variar de acordo com seu negócio. Mas apresentar algo novo sempre é uma boa forma de conseguir atrair um público.

Portanto tenha em mente que isso tem que ter relação com o seu produto e com seu negócio. Os artigos são uma boa forma de tirar você apenas das pesquisas de compra e passar também para as pesquisas de histórias ou curiosidade. Assim sua página ganha mais visibilidade e mais acesso.

Deste modo alguém que está realizando alguma pesquisa pode permanecer mais um pouco no seu site.

SEO para E-commerce: uma forma maior de visibilidade

Atualmente as lojas contam muito mais com as redes sociais e seu tráfego pago para alcançar seus clientes. Embora seja uma forma muito efetiva de alcançar determinado público, o SEO oferece tráfego gratuito na maior plataforma de busca que é o Google. Por isso é correto dizer que você deve aproveitar esse recurso.

Uma coisa que ninguém te conta a respeito das redes sociais, é que uma vez você paga para impulsionar seus posts a menos que sua página tenha um bom número de seguidores as suas próximas postagens não alcançam o mesmo resultado. E mesmo que sejam impulsionadas se a sua página possui um baixo número de seguidores ela tende a ter seus resultados reduzidos devido à falta de tráfego interno.

Não estamos aqui querendo dizer que você não deve apostar nas redes sociais. Mas é fato que você irá enfrentar essas adversidades por lá. Enquanto estiver trabalhando com SEO você terá muito mais êxito pagando muito menos. Desta forma não deixe suas redes sociais de lado, mas também não deixe de aprender mais a respeito do SEO.

Conclusão: SEO para E-commerce

O E-commerce é uma prática que começou a ser difundida há poucos anos atrás. Ele passou a ganhar mais força a partir do final dos anos 2000 quando a internet começou a ganhar mais força. E hoje em dia podemos dizer que há espaço para todas, desde as grandes até as pequenas, por essa razão é preciso trabalhar muito para não ficar para trás.

No início apenas as grandes lojas tinham mais espaço, a criação de sites não era uma coisa tão acessível. Os primeiros resultados eram, em sua maioria, resultados pagos de empresas muito grandes, hoje em dia isso também existe, mas de uma forma um pouco mais democrática. Hoje em dia os resultados principais do Google tem muito a ver com a qualidade como nós falamos anteriormente.

Por isso explore mais os seus produtos, seja nas descrições como mostramos para você. Ou através dos conteúdos sobre esses mesmos produtos como nós explicamos nos tópicos acima. Mas a dica de ouro é criar textos constantemente e com qualidade para que você consiga obter mais resultados além de uma melhor posição nas pesquisas do Google.

Portanto, essas foram nossas dicas, espero que você aproveite da melhor forma o SEO para E-commerce. E que você possa conseguir captar mais clientes de forma orgânica. Assim nós vamos ficando por aqui.

Boa sorte nos seus empreendimentos!

Você também pode gostar de: